O que é afinal considerado trabalho infantil?

«Se o teu filho não tem cabeça para a escola e com 14 anos o pões a trabalhar contigo num ofício respeitável, é considerado "exploração do trabalho infantil", se pelo contrário, és artista e o teu filho com 7 anos (ou menos) participa em gravações de telenovelas e séries durante 8 horas por dia ou mais, é considerada uma criança com muito talento e sai ao pai ou à mãe.»

Esta frase denota o separatismo que existe na nossa sociedade relativamente a esta questão... porque será que as crianças filhos de artistas podem dispender o tal tempo em gravações (à vista de toda a gente que vê televisão e principalmente novelas) e os outros não podem ajudar os pais em outro tipo de ofício?

Não vos parece que Portugal parece apenas ser a franja de população que vai de Caxias (sendo já esta povoação considerada subúrbio) até Cascais e que apenas as crianças dessas zonas são consideradas válidas para esse tipo de trabalho?

Peço-vos as vossas talentosas opiniões para entendermos o que se passa neste mundo do espectáculo e igualmente neste campo do trabalho infantil.

Comentários

Anónimo disse…
Eu acho que exploração do trabalho infantil é vc colocar a criança, por meio do trabalho a riscos de vida.
O que algumas crianças fazem na televisão é muitooo diferente...elas trabalham para um futuro melhor, e não põe sua vida em riscos...pelo contrário estão trabalhando de acordo com a lei e de forma saudável!
HomerJ disse…
Mas continuam a trabalhar fora da idade legal... está aí o ponto central da questão. O que é que divide uns e outros?

O que é que torna um trabalho perigoso e o outro não?