Demasiada atenção... dá sempre mau resultado!!!

Na sequência do que é notícia ultimamente acerca da nossa selecção ter perdido com o Brasil pelo escabroso resultado de 6-2, só tenho a pedir uma coisa aos nossos cidadãos: eliminar de vez a selecção da nossa mente.

Sim, é um pedido polémico mas a meu ver é a única saída para, de uma vez por todas, aqueles jovens idiotas e analfabetos terem a noção de que não voltarão a gozar com o nosso país que deposita neles tantas esperanças num desporto que desse nome tem pouco. E mais uma coisa... Portugal não irá a sítio nenhum com este novo treinador. Podem marcar as minhas palavras.

Andamos aos anos a dar atenção e dedicação a um desporto e ainda por cima a uma selecção que não nos merece, não dá nada por nós e jamais conseguirá algum feito de renome... sim porque conseguir um 3º lugar quanto a mim é apenas conseguir ser o segundo perdedor numa competição internacional, o que representa ainda pior classificação do que ser o primeiro perdedor. A glória irá ser sempre do 1º lugar e jamais do segundo ou terceiro.

Não transformem derrotas em victórias. Uma derrota é sempre uma derrota, por mais humilhante que possa ser. Uma victória é a glorificação do ser humano como desportista e uma derrota nunca foi jamais glorificada. Eu nunca gostei de futebol ou de futebolistas, pois raramente surge algum que seja inteligente o suficiente para utilizar o dinheiro que ganha, na sua formação pessoal e transformar-se em algo diferente do que andar aos pontapés a uma bola. Por mais dinheiro que possam ganhar também raramente pensam em construir ou serem mecenas de algo mais grandioso que a fama efémera.

Por isso peço, a todos que me conhecem e dão alguma atenção ao que escrevo, que deixem de apoiar estes sanguessugas de emoções e os releguem para o lugar que bem merecem... o esquecimento. Sei muito bem que o futebol é o ópio do povo e que sem ele o sentimento de derrotismo seria ainda superior, pela maior força que nos tira o orgulho de ser português: o nosso querido governo. No entanto, estas coisas que se chamam jogadores de futebol, não merecem nada, pois futebol é nada e aquilo que eles fazem nunca poderá ser considerado... algo construtivo.

Sei que muita gente não vai gostar do que estou para aqui a escrever mas na realidade estou-me perfeitamente a borrifar para o que me disserem, pois sei que tenho razão e que apesar de ser uma voz apenas no meio de tanta gente, cada vez mais tenho a certeza que muita gente está a transformar a sua ideia e um dia o futebol estará para a sociedade como a nosso pensamento está para a cultura do esparguete em África... absolutamente desinteressante.

Opinem e deixem-me saber a opinião depois de tantos falhanços em termos desportivos... e não me venham falar do Nelson e da Vanessa que já nem posso ouvir falar deles. Parecem ser umas tábuas de salvação na boca dos outros em todas as conversas de teor desportivo em que entro.

Comentários