Desculturalizações...

Li um artigo sobre as atrocidades que se realizam em alguns países de África entre os vários povos descendentes de variadas tribos e dos seus hábitos culturalmente macabros. Também eram referidas as tentativas de alguns elementos dos "Médicos sem Fronteiras" e de outras organizações não governamentais de tentarem minimizar os efeitos nefastos destas tradições.

Apesar de sentir asco e horror por estas tradições existirem em países ditos culturalmente menos avançados, também pensei inversamente e veio-me à ideia o facto de não possuirmos o direito de influenciar essas culturas do mesmo modo que elas também não influenciam a nossa.

Porque motivo será o nosso modo de vida melhor que o deles? No que toca ao ambiente o nosso é bem pior e andamos a matar-nos continuamente há imensos anos através da poluição, stress e outros factores. O deles apenas segue regras milenares ditadas por "gurus" e feiticeiros que utilizam métodos naturais para controlarem as suas populações. Nesse ponto de vista penso que eles são bem melhores que nós.

Quando essas ONG's intervêm nesses países e culturas, estão a introduzir alguns elementos de "poluição", dita ocidental, no modo de vida dessas populações e a alterar-lhes as perspectivas de progressão sociológica para além de produzirem sem se aperceberem uma aculturação ao nosso modo de vida que também não nos podemos orgulhar muito dele.

Portanto e em resumo, todos os povos do mundo têm a cultura que merecem e que lhes foi transmitida de geração em geração e nós "ocidentais" não temos o direito de lhes retirar isso nem sequer de lhes alterar o modo de vida, pois já lá diz o ditado, "uma mente que se abre a uma nova ideia jamais regressa à sua forma original" e por isso mesmo aos poucos os povos podem vir a tornar-se demasiado "ocidentais" e vir a sofrer dos mesmos males que tentamos exorcisar da nossa cultura há anos.

Estarei certo ou estarei errado ou ainda entalado no meio da verdade sem vislumbrar a saída do túnel? Elucidem-me por favor...

Comentários