"Golpe" e a mobilidade encravada...

"Carpooling" e "Carsharing" (http://www.carpool.com.pt/) são conceitos que a nova campanha da Galp Energia ("Solitários do Asfalto") tenta fazer crescer, em face das novas imposições relativas ao renascimento do nosso planeta em termos ambientais. São conceitos que já existem por essa Europa fora e inclusivamente nos Estados Unidos já há muitos anos, mas por alguma razão menos clara nunca pegou realmente em Portugal.

Em face dos novos desenvolvimentos em matéria de crime organizado no nosso país, a razão pela não proliferação desses velhos conceitos fica exposta sem mais questões. Sim estou a falar da natural consequência de ser tão benevolente à partilha da nossa viatura com pessoas estranhas: o "Carjacking" por vontade própria ou o mais usual ainda, assalto a quem vai de boleia.

Desse modo, o assaltante já nem tem de se esforçar para nos remover o carrito das mãos e deixar-nos apeados... nós metêmo-los dentro do carro e ainda conversamos com ele, tentando tornar a "viagem" o mais agradável possível. Ora esta campanha é como eu sempre disse um"pau de dois bicos" em que se emprega o típico ditado tantas vezes utilizado em Portugal: "Em terra de cegos, quem tem olho é rei". E nem vale a pena estar a considerar colocar mais vigilância ou dispositivos GPS localizadores de viaturas, pois não vai haver agentes suficientes para tanta gatunagem. Ou assumimos que deste modo estamos a "entregar o ouro ao bandido" ou então não estou a ver como é que a Galp se vai safar desta.

Já pensamos que uma empresa que nos roubou tanto e nos continua a roubar, agora de repente tenta dar uma de boazinha com essa campanha hipócrita? Como é que isso pode ser? Então essa malta anda a dar "tiros nos pés" para diminuir os lucros da empresa? Ou alguém lá dentro não reparou na borrada ou então existem por lá pessoas muito incompetentes. Mas esta campanha tem mesmo algo de muito estranho "na manga". Quem esconde o quê? Isto só mesmo em Portugal (terra de totós)... enfim temos os dirigentes que merecemos.

Comentem esta minha ideia pois acho que tem muito de verdade por trás dela... e não se deixem enganar por campanhas hipócritas que mais tarde vos podem trazer muitos dissabores. Sejam inteligentes.

Comentários