SAPO asqueroso e pestilento...

Uma das denúncias que aqui queria colocar tem a ver com o facto de o provedor de acesso à Internet chamado SAPO (Serviço de Apontadores POrtugueses) ter lançado um serviço há algum tempo chamado de 3 em 1 (na época de Natal chama-se 4 em 1) onde fornece uma linha telefónica com acesso à Internet a um máximo de 12 Mbits de velocidade de "download" e uma "pen" com 400 MB (sim é verdade, este tráfego miserável, e anuncia-o como algo de fabuloso a quem anda com os olhos fechados acerca destas coisas).

Bom mas o que me faz detestar esse serviço foi a necessidade de colocar uma ligação deste tipo, o mais barata possível na casa de um amigo e que não pretendia pagar a chulice que uma MEO ou uma ZON pretendem pelos seus pacotes mais básicos.

Com isto na mente lá fomos nós a uma loja da PT inscrevermo-nos para tal "aventura": tudo se processou com a normalidade esperada numa loja do gigante das telecomunicações nacionais. Uma semana depois tinha-mos tudo a funcionar a excepção obviamente da Internet que necessitava mais um tempo para activação.

Depois dessa activação ser efectuada o serviço pareceu bom e estável e até com mais velocidade disponível do que a anunciada, no entanto ao fim de umas horas de utilização o sinal de Internet desapareceu, apesar de o "software" interno do "router" de ligação mostrar que aparentemente tudo estava bem.

Chamada para o 16200 (linha grátis de assistência) e primeira das surpresas desagradáveis: afinal a assistência "grátis" não seria tão grátis assim (afinal temos de telefonar para um número 707 de valor acrescentado € 0,10/m ).

Já maluco com alguns momentos de descarregamento da frustração em cima da pessoa que me atendeu e depois de muitos minutos de espera, que me parecem ser de propósito para poderem facturar adicionalmente com a nossa desventura, a pessoa passa-me a um serviço de assistência técnica que me parecia algo mais competente do que o nível anterior. A partir do momento que começo a explicar novamente o problema, o senhor do outro lado interrompe-me para me informar de que a assistência da parte dele iria ter um custo de € 11,00 + IVA pois essa assistência era efectuada por uma empresa associada à SAPO.

Depois de mais alguns gritos ao telefone onde lhes chamei de tudo que me passou pela cabeça, recusei obviamente o serviço ameaçando expôr o caso à autoridade para as comunicações, à DECO e claro está preenchendo uma reclamação por escrito no Livro de Reclamações.

O senhor do outro lado pediu-me para ter calma e que iam verificar a situação sem custos adicionais e como que por milagre e depois de diversas tentativas frustradas de fazer voltar o sinal de Internet (incluíndo vários reinícios do "router"), o sinal volta a ficar estável e cheio de força até hoje que vos escrevo estas linhas, o que me levou imediatamente a pensar em quantas pessoas são injustamente levadas a imaginar que o seu sinal não se encontra nas melhores condições para que telefonem para os serviços e lhes sejam facturados estes valores absurdos somando a quantidade de tempo que estão ao telefone numa linha de valor acrescentado.

Eu sinceramente pensava que este serviço (e não, eu não acredito em fadas nem no Pai Natal) era algo de fantástico e que apenas teria de pagar o que o contrato estipula, ou seja, € 19,90 por mês sem mais surpresas pelo telefone, Internet e "pen", mas afinal e tal como outros serviços nesta república das bananas, temos de pagar mais alguma coisa para compensar tal acessibilidade de preços na banda larga.

Por isso meus amigos cuidado com todas as pretensas ofertas desta gigante das mentiras chamada PT.

Como remate final: 2 semanas depois da ligação ter sido efectuada, o meu amigo ainda não recebeu nenhuma "pen" para banda larga (ou afunilamento) móvel que supostamente seria um dos componentes do 3 em 1.

Comentários

Patrícia disse…
É muito bom ter-te de volta!
Quanto ao Sapo, olha que o pior é que depois de vários episódios como esse (mau funcionamento do serviço de internet) demorei mais de 4 meses a tentar acabar com o contrato! Tive de pagar o serviço durante vários meses sem poder trocar porque nunca os métodos de cancelamento eram os adequados (mesmo quando eram os solicitados pela PT faltava sempre mais qualquer coisa)... uma luta longa mas que consegui "vencer"!