Desejos para um novo ano...


Lista de desejos para o ano de 2010:
  • Que o Eng. Sócrates seja menos arrogante, menos demagógico e mais dialogante no real sentido da palavra (ou perspectivo novas eleições dentro de pouco tempo);
  • Que tenhamos mais dinheiro para podermos realizar mais desejos e podermos ter mais qualidade de vida;
  • Que possamos ter mais qualidade na saúde que nos facultam nos hospitais públicos e menos tempo nas salas de espera com a agravante de que estamos expostos a todo o tipo de doenças das vias respiratórias durante esse tempo;
  • Que voltemos ao escudo e deixemos de lado o Euro que nos tem trazido tantos dissabores;
  • Que voltemos a trabalhar para nós próprios e menos para uma Europa cada vez mais desunida e menos dialogante com o comum dos cidadãos;
  • Melhor ainda... separação total da União Europeia até podermos estar ao nível económico do resto do continente europeu;
  • Menos portagens para nos podermos deslocar com menos custos associados a auto-estradas;
  • Melhores estradas nacionais em deteriomento da construção de auto-estradas que não nos servem para nada;
  • Melhores condutores e que não conduzam como se estivessem a toda a hora no Autódromo do Estoril ou numa prova do circuito mundial de ralis ou que não sejam tão "criativos" a toda a hora;
  • Que todos os condutores que circulam pelas bermas armados em espertos, sejam multados com um valor tão alto que não lhes seja permitido pagar a coima e desistam de conduzir;
  • Que todos os "xuninges" que por aí andam armados em "street racers" tenham os seus carros confiscados para que não coloquem mais em perigo a sua segurança e a dos demais condutores;
  • Menos importância para o futebol, jogadores e dirigentes e mais importância para outros desportos que nos erguem mais alto que o chamado "desporto-rei";
  • Menos importância ao Cristiano Ronaldo;
  • Mais importância aos desportos de mar (onde a nossa tradição já nos levou muito alto);
  • Mais importância à conservação dos monumentos históricos deste país;
  • Paragem total dos aumentos anuais de preços ou mesmo regressão em alguns deles (bens essenciais);
  • Menos influência da igreja católica nas mentes dos cidadãos e mais liberdade real de pensamento e de escrita;
  • Mais emprego para todos e menos desempregados de longa duração forçados a viver na miséria por falta de idade qualificável para empregabilidade;
  • Menos hipocrisia, cinismo e desconhecimento da realidade na altura dos discursos políticos;
  • Mais oportunidades para quem tem realmente boas ideias de recuperação deste país sem recorrer à aprovação dos poderes instituídos para o tradicional "beija-mão";
  • Mais preocupação com os adultos que necessitam de providenciar a protecção dos menores através de ajudas financeiras de monta ou de acções que realmente visem a estabilidade e integridade de um ambiente estável, aberto e motivador para a futura geração;
  • Aprovação de uma lei que proteja os empresários e trabalhadores independentes que ficam sem meios de subsistência depois das suas empresas ou actividades por conta própria desaparecerem;
  • Menos burocracia para quem procura protecção do estado nos momentos de aflição;
  • Mais fundos perdidos para as vítimas de calamidades públicas e menos linhas de crédito bonificado que apenas servem como fontes de rendimento extra para os bancos, sugando os parcos recursos de quem practicamente tudo perdeu;
  • Mais desenvolvimento das antigas actividades piscatória, pecuária e agrícola de modo a podermos criar uma autosuficiência independente de mercados globais e sem termos que dar "cavaco" aos poderes de Bruxelas (e venha quem vier);
  • Que recuperemos a nossa identidade como país e não ao nosso posicionamento estratégico europeu como apenas uma província periférica destinada quase exclusivamente ao lazer do resto da Europa;
  • Mais importância ao desenvolvimento de tecnologias mais amigas do ambiente e por último mas não menos importante...
  • ...carros amigos do ambiente que realmente sejam bonitos e não os abortos de design que se têm visto por aí nas feiras de automóveis:-)
Desejo que sejamos todos mais felizes no global e que estejamos cá para o ano a desejar o melhoramento de todas estas coisas que com esperança deverão existir no final de Dezembro de 2010:-)

Se fizerem o favor, coloquem aqui alguns dos vossos desejos para este ano ou comentem e critiquem os meus, pois gostaria muito de saber de vossa justiça se serei louco em colocar aqui estes desejos todos ou se poderiam ser exequíveis num país onde a população se unisse para reparar os defeitos provocados por todos nós (governos mal eleitos, demagogia e hipocrisia a rodos e caça "às bruxas").

Comentários

victor ribeiro disse…
PORQÛE QUE APAGARAMM O MEU COMENTARIO Q ME DEU TANTO TRABALHO
victor ribeiro disse…
Vou repetir -disse q o meu desejo se fosse concretizado, seria mais de meio caminho andado para a soluçao dos problemas que afligem o País-e que todos sem excepçao sejam honestos