Calçadas à Portuguesa...

Detesto a calçada portuguesa.

Não percebo bem para que serve a não ser partir saltos de sapatos de senhoras, servir de munição para multidões em fúria ou ainda dar emprego à profissão de calceteiro. Sem ser isso não estou a ver outra qualquer utilidade para o facto.

Puxar um carrinho com rodas sem anunciar a toda a gente a nossa posição é uma missão impossível. A discrição não existe na palavra de quem criou tal abominação calcária. As raízes das árvores arrancam-na pela base ficando toda torta cheia de "montes" e "vales", a água da chuva amolece a sarrisca onde a pedra é cravada e ao acomodar-se as pedras ficam com as laterais à mostra, permitindo a quem lhe apeteça remover as pedras, fazê-lo sem esforço e ainda o uso progressivo cria desgaste na rocha tornando-a potencialmente perigosa para escorregadelas e grandes tombos.

Mas agora vêm os defensores da arte "rupestre" de criar desenhos com calhaus, defender com unhas e dentes essa arte ancestral e única no mundo... e eu digo-lhes: para o raio com isso, pois o que se pretende é um compromisso entre a mobilidade dos peões e a sua segurança ao nível do chão que pisam.

Prefiro de longe passeios que sejam seguros de circular e fáceis de repôr em caso de obras do que o que temos actualmente. Poupar-se-iam muitos milhares de euros em obras de manutenção e no processo algumas quedas bem feias.

Comentários

Utena disse…
Gosto das calçadas sempre andei nelas sem cair nem partir o salto!
Defendem tantas tradições que nada valem... mantenham esta
Beijo
ana disse…
Como tiveste CORAGEM de dzer esta barbaridade?!?!?!

è um dos maiores marcos da história e cultura portuguesa.

Fomos e somos únicos na utilização da calçada!!!!!

Sou mulher. Uso saltos e NUNCA parti nenhum !!

Redime - te !

Estas perdoado (not!!!!!)
HomerJ disse…
Parece que ninguém percebeu o que eu quero dizer com este "post"... eu falo do que me dói de cada vez que circulo nelas e se as meninas não partem os saltos é porque apontam bem para as pedrinhas :D eu já vi muitas meninas deixarem o saltito entaladito nessas pedritas e não foram poucas :)
Anónimo disse…
Concordo plenamente com o teu post!! Eu SOU 'menina' e todos os dias sinto que estou a enfrentar uma batalha só para ir da porta do meu prédio ao meu carro e depois do carro até ao trabalho. Será que estou a usar os sapatos errados?
Anónimo disse…
Como eu tenho problemas em andar com salto alto, levo uma sandalia (ou sapato sem alto comfortavel) ate aonde vou e depois mudo o sapato..... simples, assim chego feliz aonde vou!!!!
Anónimo disse…
Sim, como tudo na vida, tem inconvenientes que nao existiram na epoca em que foram criadas..... mas ester trabalho "DE ARTE" e unico no mundo, e "arte a se pisar" e deve ser conservado. Um
conselho as meninas de salto alto:

Como eu tenho problemas em andar com salto alto, levo uma sandalia (ou sapato sem alto comfortavel) ate aonde vou e depois mudo o sapato..... simples, assim chego feliz aonde vou!!!!
Anónimo disse…
As calcadas ficarao e nos nao....... as meninas tem que encontrar uma solucao para isso. Leiam abaixo o que eu faco e estou feliz. Lembrem-se que elas, as calcadas, dao trabalho aos que precisam.