Pretensiosismo oco...

O conceito de pretensiosismo, significa possuir a "qualidade" de pretender ser-se quem não se é ou possuir aquilo que não se pode ter. E como só se pretende o que não se possui, os pretensiosos mostram ao mundo o que não são e o que não têm.

O pretensiosismo desponta radiosamente no:
  • Assumir de 3 nomes (porque para eles nome e apelido é demasiado rasteiro e nada sofisticado);
  • No modo como se mexem e interagem com o meio ambiente onde cresceram e se deslocam;
  • No gasto exacerbado de valores comprando bens que não necessitam só porque são caros;
  • Nas suas opiniões desprovidas de significado lógico;
  • Na superficialidade dos sentimentos;
  • Nos olhares de desdém como se tudo o resto à sua volta não merecesse sequer o tempo da sua presença;
  • E, finalmente, num certo sotaque afectado pelos seus maneirismos vazios e desprovidos de real sentido.
E irrita verdadeiramente. Irrita e empobrece quem o usa. Sobretudo um empobrecimento gritante.

Ninguém é obrigado a ter ou a ser isto ou aquilo, mas os pretensiosos transportam luzes que piscam e que gritam: Olhem para mim e vejam o que eu não sou mas gostava de ser! Olhem para mim e vejam o que eu quero que acreditem que tenho mas na verdade não tenho!

Devemos sentir pena da verdadeira pobreza. E a verdadeira pobreza é a pobreza do espírito. Desse espírito que os pretensiosos exibem como quem exibe um majestoso troféu. Vemos estas pessoas diariamente em todos os sítios onde nos deslocamos, seja no café (gritando pretensiosos negócios ao telemóvel para que todos saibam que estão a ter muito "sucesso" na profissão), no restaurante (com gestos largos e exagerados de modo a serem notados), no supermercado (torrando a paciência a quem está na fila à espera que termine a chamada de telemóvel), na televisão (jornalistas e entrevistados com grande pompa e circunstância inchados de orgulho), na praia (com os seus calções às risquinhas acabados de fazer de restos de uma barraca de praia e sapatos de vela à beto), etc.

Podem-se encontrar em muitos outros sítios da nossa sociedade onde se escutarmos com atenção os 3 nomes a serem chamados ou referidos, descobrimos de imediato um pretensioso real ou em potencial :)

O que pensam desta verborreia mental acerca do pretensiosismo ou da arte de pretender ser quem não se é mas gostaria de se ser.

Comentários