Profissionalismos informáticos...

Numa acesa discussão com uma grande amiga minha, ela não conseguiu entender as questões do fim da assistência ao Windows XP por parte da Microsoft e ficou a pensar que eu apenas lhe queria vender 2 PC's novos, no entanto eu não pretendia fazer nada disso mas sim alertar para esta situação que actualmente parece inócua mas que daqui a semanas se vai tornar um assunto bastante sério.

Obviamente que foi questionar outro "profissional" do ramo que "inteligentemente" lhe disse que não tinha de comprar máquinas novas mas sim "apenas" de adquirir um bom antivírus. "Profissionais" destes deviam ir a exame de competências novamente por dizerem barbaridades como estas.

A visão destas pessoas é tão limitada que nem percebem o mal que estão a causar ao negócio em causa, tal é a ânsia de poderem dizer algo que o cliente quer ouvir. Eu não sou assim... sou demasiado transparente e não coloco "paninhos-quentes" onde eles não são de todo necessários. Zango-me e barafusto quando acho que as situações estão a ser analisadas de um modo leviano.

Ser amigo em situações destas é dizer verdadeiramente as consequências reais que eventualmente resultarão de uma atitude negligente e em termos profissionais não sigo esse caminho. Amiga, peço muitas desculpas mas sou demasiado zeloso da tua profissão e do que te pode acontecer.

De tal forma a quero proteger que até sugeri nunca mais irmos pela via comercial neste assunto, uma vez que o teste que fizemos de acesso a um site específico que necessitava de um certificado, correu às "mil-maravilhas". Linux seria o caminho a seguir e o LibreOffice o novo pacote de Office a ser usado (tudo isto gratuitamente para particulares e negócios), mas nem mesmo assim a coisa correu bem.

Com a entrada em cena do outro "profissional" da informática, a ideia de que eu estaria a subverter os factos e a subtrair opções viáveis de sair da situação, tornou-se a opinião generalizada na sua mente e por isso agora não quer falar comigo nos próximos tempos.

É pena porque eu queria mesmo que ela entendesse estas questões e que se tentasse ver com os PC's que possui no escritório só com Windows XP e com o tal "bom" antivírus daqui a cerca de 3 meses. Abre os olhos e não te deixes iludir...

Já agora digam-me o que sentem com a saída de cena do Windows XP e se isso vos afectará a breve trecho.

Comentários