Rasgão mental...

Quando eu era criança a minha mãe ensinou-me que não podia andar com as calças sujas ou rasgadas porque seria apelidado de pobre e seria sinal que a minha mãe não se incomodava com o filho não andar a fazer figuras de maltrapilho por aí.

Actualmente, a quantidade de calças rotas e sujas (aparentemente) em circulação, fazem delas... moda. Pasme-se. Parece que para estarmos bem nos sítios certos, temos de ter umas calças rotas ou rasgadas em vários sítios, nomeadamente nos joelhos.

Eu quando tenho, nem que seja um pequeno rasgão ou descosimento numa parte visível das calças, entro logo em pânico para tentar esconder e sinto que já não fico nada bem o dia todo. Entretanto estas pessoas andam com estes defeitos como se fosse a melhor coisa do mundo. Eu atiro logo fora as calças se for coisa grande ou tento arranjar ou disfarçar se for coisa pequena. Esta gente nem quer saber se o rasgo é grande, pequeno ou se apenas ficam com um pedaço de tecido revirado a tapar abaixo da cintura.

Não sei se sou eu que estou mal se são eles. Por ora, vou manter-me como a minha mãe me ensinou e nada de entrar em modas passageiras só para alimentar economias tresloucadas pelo consumismo e mau-gosto. Esta malta nem sequer vai conseguir contribuir para as obras de caridade, oferecendo calças rasgadas... se as pessoas a que dão essas calças já forem mesmo muito pobres, isso irá aumentar o grau de pobreza de quem recebe e ainda achincalhar as suas mentes já de si stressadas pela vida que levam.

As pessoas que adquirem este tipo de roupas não têm noção de quanto é o grau de malefício para a sociedade em geral, terem ou fazerem rasgões nas roupas no geral. É de uma inutilidade tremenda e de uma insensatez sem igual (existem mais graus de insensatez, mas esta é bastante elevada). Se querem usar roupas rasgadas não poderão ponderar oferecer nada aos mais necessitados. É usar e deitar fora de seguida... melhor ainda: queimar tudo de imediato.

Este artigo é pequeno de propósito pois não existe muito mais a dizer acerca deste assunto. Gostaria de o finalizar indicando que estas péssimas modas passam ciclicamente mas também tal como apareceram, desaparecem. Talvez nem sequer signifiquem nada no espaço/tempo, mas que irritam bastante, isso irritam.

Digam-me o que pensam deste assunto e talvez até se dêem conta que também nutrem o mesmo sentimento que eu pela mesma causa. 

Comentários

ana disse…
Pois sinceramente esta é uma moda que me incomoda bastante! Sou uma mulher que aprecia a moda. Mas só uso o que gosto e que acho que me fica bem. O que mais me choca nesta moda, é saber que amigas minhas dão quase 200€ por um par de calças rasgadas de marcas caras.
Mal por mal que ao menos façam os rasgões em calças mais baratas e que já tenham um rasgão feito pelo próprio uso ... Eu que gosto muito de moda, nunca usei nem nunca vou usar um par da calças rasgadas! Acho que se fica com um ar de desleixo, que não se fica com bom aspecto e eu gosto de ter um ar de cuidada. Respeito quem usa calças destas. Mas eu pessoalmente não as aprecio, de todo!